Pular para o conteúdo principal

SALVE 2013 !



Com muita vontade reiniciamos nossas atividades, gostaríamos de agradecer novamente a todos que participaram das nossas ações  em 2012, nossa equipe sempre unida, nossos clientes, nossos amigos, aos artistas, jornalistas, críticos, enfim a todos MUITO OBRIGADA !
Pra esse ano que se inicia  teremos novas exposições, novos cursos, Domingueira Tattoo, convidados especiais, enfim  muita novidade boa vem por aí...
Neste primeiro post do ano resolvemos publicar uma crônica, resultado de uma oficina realizada no ano passado sob a coordenação da escritora Isabel Furini que lançou o livro Quero Ser Escritor ( edição limitada e já  esgotada ). Neste post convidamos o grafiteiro KOTA pra ilustrar nosso texto.


  Ilustração  Kota

Numa tarde qualquer, num estudio de tattoo...

- Então como ficou meu desenho ?
- Seu desenho ?
- Sim , todas aquelas idéias que lhe dei...as referencias , os estilos , tudo aquilo que te trouxe... então está pronto?
- Bem não é assim que trabalho.
- Estive pensando em outros temas , e acho que você se identificar ainda mais com este trabalho !
- Já estou até imaginando , as fotos ,  você terá que trocar a abertura do seu álbum ...
- Como ?
- Sim , como não ? Uma ideia como a minha tem de ficar registrada , pra que os outros possam se inspirar ...
- Bem , então...
- Vamos aos fatos : quero tatuar , mais estou na dúvida , por isso preciso que coloque no papel minhas idéias... são originais , 
- Originais ? 
- Sim, veja ... um dragão medieval nas costas ou uma carpa no braço ou ainda um tribal nas duas pernas , maori...
- Mas afinal ?
- Eu sei , eu sei está ansioso pra  me mostrar , vamos lá , admita ! 
- Como eu ia dizer , trabalho mediante sinal...
- Sim, vejo como um sinal , a tattoo é um sinal , entende o trocadilho ? 
- Pra eu trabalhar no desenho você precisa pagar um sinal.
- Sim , vou pagar pela tattoo...
- Mas ainda não definimos o desenho, serão os 3 ?
- Apenas 3 , não preciso de mais desenhos... 3 é pouco.
- Você vai tatuar o que afinal ?
- Então, como eu disse,  quero ver como ficou o desenho...
- Vou explicar novamente...para criar criar seu desenho , recebo um sinal.
- Sim já dei sinal verde , pode desenhar !
- Quando pensa em tatuar ?
- Não sei ainda , talvez no próximo inverno , até lá terei tempo pra pensar em qual braço ficara melhor a carpa , ou que cor terá o dragão ... enfim, esses detalhes... 
- Então vamos aguardar um horário...
- Posso voltar aqui , daqui duas horas. Até lá , você poderá fazer  os desenhos ...
- Tenho agenda fechada hoje .
- Então desmarca , daqui duas horas volto pra ver os desenhos ...
- Ok.  Poderá trazer o sinal e então combinamos a data da tattoo.
- A data da tattoo não vou marcar ainda...o inverno ainda está longe ... Volto daqui a pouco , acho que o dragão será preto , bem malvado !
- A porta estará fechada , vou estar na sala tatuando...
- Sem problemas toco a campainha e espero ...
- Vamos fazer assim , você entra e assiste a tattoo sendo feita quem sabe , se decide...
- Tá certo , a tattoo que vai fazer , a ideia é original como a minha ?
- Não, é algo do cotidiano , nada original com a sua escolha ...
- Do cotidiano , que sem graça . Do que se trata ? 
- É o teorema de Pitágoras,  o cliente é um matemático, nada tão original como o seu dragão ...
                                            


Meu nome é Felipe Eduardo, mas assino como Kota. Faço grafitti desde 2004, assim como a maioria dos grafiteiros entrei nesse meio atraves da pixação e hoje busco por meio do grafitti passar uma mensagem baseada sempre no amor, na união, no respeito com o ser vivo. Algumas das minhas referências são os artistas ROA, GEMEOS, ARYZ.  busco a cada dia evoluir meu trabalho. Além de grafiti, faço desenhos para tattoos e pretendo em breve ser um tatuador profissional!