Pular para o conteúdo principal

Temporada com Rafael Silveira no Estúdio Teix



           “Eu tenho dentro de mim, algo que diz que eu sempre tenho que melhorar” é o que ouvimos de Rafael Silveira durante uma de nossas conversas. Ele aprendeu sozinho a tatuar, comprou uma máquina quando ainda era analista de sistemas e a arte fluiu naturalmente. Tímida em um primeiro momento, mas depois veio com tudo e se tornou sua atividade principal. Em suas palavras, por ter aprendido a tatuar sozinho e estar cercado por tatuadores melhores que ele, criou dentro de si uma disciplina e um condicionamento de estar buscando sempre o melhor resultado possível.

Tatuagem executada por R. Silveira no Estúdio Teix

Ele tem um trabalho em “blackwork” consolidado, é fã de old school, mas simplesmente não sentiu que o estilo vem a ele naturalmente na hora de tatuar. “Sempre coloco detalhe demais e não parece autêntico”, comenta. Chamou-nos atenção por ter um monte de livros artísticos na mochila, e gostar do papel, do tato, da referência palpável. Também por ter foco em criar algo bonito, que lhe agrade, e não necessariamente estar atrás de um discurso, uma poética. 

Tatuagem executada por R. Silveira no Estúdio Teix
Uma pessoa incrível, com trabalhos incríveis. Muito obrigado pela estadia Silveira! Esperamos vê-lo em breve. 

Tatuagem executada por R. Silveira no Estúdio Teix
                Adendo: Não divulgamos seus trabalhos na página do estúdio por ele estar com a agenda fechada antes de confirmar sua estadia conosco.